Blog Engefor
13
jul
Home blog » Dicas para deixar a mudança mais prática e organizada

Dicas para deixar a mudança mais prática e organizada

Quando falamos em mudança, é comum as pessoas já pensarem em estresse e bagunça.

Isso é pertinente, pois de fato, se a mudança não for feita com uma certa dose de organização e planejamento a tendência é gerar muita dor de cabeça mesmo.

Neste artigo iremos compartilhar com você, dicas valiosas que vão te ajudar a passar pelo processo de forma mais tranquila.

Vejamos!

Planejamento

Salvo algumas exceções a grande maioria das pessoas sabe quando vai realizar uma mudança, seja ela de residência, de emprego ou qualquer outra que vá exigir organização de objetos.

Sendo assim, com a maior antecedência que conseguir, tire algumas horas do dia ou um dia específico por semana para organizar o que será transportado.

Essa ação vai te ajudar a saber o melhor tipo de transporte para levar os objetos e quando seria o melhor momento para isso.

Além disso, é importante planejar recursos financeiros, pois além dos custos tradicionais com transporte e adaptação da nova casa, é interessante se prevenir contra algum imprevisto.

Por fim, estabeleça uma data para finalizar as atividades. Pode ser um ou dois dias antes da mudança efetiva acontecer.

Faça uso de uma lista com anotação do que precisa ser feito, de preferência em uma sequência que te ajude a ir seguindo as etapas como se fosse um mapa.

Organização

Esse é um dos pontos de maior importância quando se trata de mudanças.

A dica de ouro aqui é que você faça um ambiente por vez e que comece justamente pelos locais de menor acesso.

Não faz muito sentido encaixotar os objetos que compõem a cozinha se diariamente você está lá para preparar as refeições certo?

No entanto, sempre tem um armário neste cômodo onde guardamos coisas que usamos com pouca frequência, então esvaziar este armário pode ser muito válido.

E por falar em encaixotar, faça isso de forma organizada também. Se você está guardando os itens que decoram a sala, coloque tudo em uma mesma caixa e identifique-a com o ambiente/local, sala/rack por exemplo.

Outra orientação importante é que você destaque peças sensíveis, como louças e itens de vidro, para que haja uma atenção especial durante todo o processo.

Desapego

Mudança sugere coisas novas.

Sendo assim, pense que enquanto está guardando coisas pode aproveitar e desapegar de objetos, roupas, calçados e outras coisas que você não usa há mais de 1 ano.

Com isso, você poderá gerar um ambiente mais fluido e com as doações do que fizer poderá ajudar muitas pessoas.

Se o que vai desapegar é algo que pode ser vendido, está aí uma maneira de você ganhar um dinheirinho extra para ajudar nos custos da mudança ou para comprar algum objeto ou utensílio para a casa nova.

Atualização de endereços

Faça uma lista de locais onde você precisará atualizar seu endereço:

·                   Bancos;
·                   Luz;
·                   Água;
·                   TV a cabo;
·                   Internet.

Esses foram exemplos de lugares que possivelmente você precisará contatar para que suas informações sejam atualizadas.

Talvez existam outros, então coloque tudo em uma lista com antecedência juntamente com os dados de contato para que possa fazer os ajustes quando estiver mais próximo da mudança efetivamente.

Quando chegar na casa nova

Mudança feita, agora vem aquele trabalho reverso, onde esvaziar as caixas costuma também gerar um pouco de estresse.

O primeiro ponto que precisa compreender é que, assim como para encaixotar precisou de planejamento, organização e tempo, para fazer o inverso na casa nova será da mesma forma.

Sendo assim, paciência.

Ao chegar no novo endereço priorize:
·                   Banheiro – Abasteça o local com o básico para o uso de todos;
·                   Cozinha – Na geladeira, use a mesma regra e tenha o essencial disponível para todos;
·                   Quartos – Deixe a cama pronta para descanso.

Os demais cômodos e ambientes você pode ir organizando aos poucos e a prioridade são os ambientes onde o uso é feito com mais frequência.

Não dispense ajuda

Se você tem amigos e familiares que estejam dispostos a ajudar na mudança, não dispense essa mão!

Ainda que as pessoas não residam com você para saber exatamente como deseja as coisas, tanto para encaixotar como para esvaziar e guardar os itens, essa ajuda é muito bem-vinda.

Com o passar dos dias você vai pessoalmente ajustando os objetos para os locais onde prefere, contudo, é ótimo já ter os itens dentro dos locais onde vão ficar, isso facilita bastante.

Esperamos que as dicas que passamos possam ajudar na organização da sua mudança, garantindo que seja um processo mais prático e tranquilo.

Desejamos que esse novo ciclo seja repleto de coisas boas.

Se você gostou desse conteúdo e gostaria de ver outros relacionados, nos siga nas redes sociais.

Nós estamos no Facebook, Instagram, LinkedIn e Twitter.